O Menino Vagabundo | 13Fev2010 08:00:00

Nascido e criado num bairro degradado

Onde imperava o mundo da droga,

Do álcool

E da prostituição.

Cedo se apercebeu, que a terra que o viu nascer,

Lhe causava bastantes náuseas,

O que lhe perturbava o seu bem-estar.

Então, um dia o menino pôs-se a pensar em imigrar

Para ir em busca da sua felicidade,

Para isso,

Sentiu-se na necessidade de construir um barco

Em que se fazia movimentar através de uma

Manivela.

Servindo-lhe, o mesmo,

Para lhe levar uma pequena biblioteca

Que o menino sempre gostou muito de leitura,

Assim como todos os seus apetrechos.

No dia seguinte, parou o seu barco

A fim de descansar num parque de estacionamento,

Foi então que veio a ser solicitado por um casal

 De pessoas ricas para ir trabalhar como criado para sua

Casa, indo então o menino todo feliz e contente no

Seu barco atrás dos seus futuros patrões.

Durante todo o seu percurso,

Todos os meninos saíram à rua

Com sorrisos e beijos desejando-lhe a sua

Felicidade.

                                              


Partilhar:


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.

Procura
Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


Idiomas
Sondagens
Gosta Do Surrealismo?
Sim
Não
Não sei o que isso é
Outras Visitas

lusopoemas

poesia

as-artes

afmach

rodinha26

gov

7pecados
Últimas Galeria





Anedotas
Por altura do aniversário da Avó o neto deu-lhe como presente uma balança de cozinha e diz:
- Ó Vó se calhar vocemecê não sabe como é que isto funciona ?
Ao que a Avó lhe responde toda indignada:
- Antão nã sei, olhem qu'esta ! Não se está mesmo a ver q'agora marca mê-dia !
Visitas Recentes