Crianças da Minha Rua | 20Ago2011 16:54:17

Crianças da minha rua

Que brincam com as estrelas

Esfomeadas de amor

Nesta minha redondeza

Relembrei a minha infância

A uma criança da rua

Que as estrelas com que elas brincam

Foram minhas, hoje são tuas

Com elas não há maldade

Frio e fome também

Penso que a riquesa no mundo

Só elas é que a têm

Elas em mim já brilharam

Brilharam em minha infância

Elas me abandonaram

Ao deixar de ser criança


Partilhar:


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.

Procura
Painel controlo
  • Email:
  • Palavra-passe:
  • Lembrar dados
  • Ir administraçào


Idiomas
Sondagens
Gosta Do Surrealismo?
Sim
Não
Não sei o que isso é
Outras Visitas

lusopoemas

poesia

as-artes

afmach

rodinha26

gov

7pecados
Últimas Galeria





Anedotas
O médico para o paciente:
- Tenho uma boa e uma má notícia para si. Vou começar pela boa: tem apenas 24 horas de vida!
- Boa!!?? Então e a má?
- A má é que me esqueci de lhe dizer isto ontem ao telefone...
Visitas Recentes